Seu Pênis Grande e Grosso

O Instalador de TV por Assinatura
Dez horas da manha, um calor infernal, ainda tinha que fazer a minha ultima visita, toquei a campainha e empregada atendeu. –bom dia moça, sou da companhia de TV a cabo, pediram que eu colocasse mais um ponto em um quarto. – pode vir por aqui moço. Subimos uma escada, e paramos – Duda levanta que o rapaz da TV ta aqui. – mostra pra ele aonde é. – Olha moço pode colocar que ela nem liga, fica por aqui. Fui seguindo-a no começo adorei entrar no quarto, pois o ar condicionado estava hiper gelado. –Moça me desculpe, mas vou ter que abrir a janela, não consigo enxergar nada. Ela nem me respondeu, mas sem que eu visse a persiana começou a se abrir. Mal se dava pra ver se tinha alguém debaixo daquele edredom, achei estranho dormir daquela forma, pois com o calor que estava lá fora, e o frio que estava aqui dentro e eu tava mesmo sentindo frio, porque suado como eu estava e agora neste frio, mas pensei, to saindo fora mesmo, aqui é bem fácil pra terminar. Olhei em volta e logo localizei a TV, puxei o cabo, mas tive que perguntar pra moça se a TV iria ficar ali mesmo, quando olhei pra ela, ela estava com o edredom, só na cabeça deixando a mostra o corpo na parte de baixo, e ela estava com uma calcinha minúscula, e ainda toda entalada, ainda não tinha visto seu rosto, mas dava pra ver que era bem nova, nossa que delicia! Dava pra ver tudo. Puxa que tesão! Agora eu não sabia se chamava ela ou ficava ali apreciando, eu tava tão perto que se esticasse a mão passaria a mão naquela bundinha. Acho que ela escutou meu pensamento, ela se mexeu mais um pouco, quase me mata de susto, ela de barriga pra cima abre as pernas bem na minha cara, um dos lábios da bucetinha dela estava fora da calcinha, eu quase nem conseguia pensar direito, meu pau estava quase rasgando a calça, quando de repente escuto a mulher dizer – Duda, tenho que ir ao super mercado, você vai sair antes de eu voltar? – Não! Tenho que terminar um trabalho de escola. Nisto ela levanta a cabeça e me vê paralisado olhando pra ela, ou melhor, pra sua bundinha, pois ela já tinha se virado. Pensei que ela iria ficar encabulada, mas ela continuou da mesma forma não se cobriu, e mais ainda pegou o controle e aumentou a temperatura, sentou-se e ai que eu pude ver que boneca linda que era ela. Mas me concentrei no que eu estava fazendo e desviei o olhar que ela teimava em me dar. – como você se chama? Perguntou-me. - Ronaldo, respondi! – Ronaldo você pode olhar um pouco de lado enquanto eu me levanto e vou ao banheiro? –claro! Exclamei, e baixei minha cabeça esperando ela passar por mim, e é claro não resisti, dei mais um olhada para aquela bundinha maravilhosa. Eu em condições normais, eu já teria terminado faz tempo, mas caramba, não é sempre que se esta com uma ninfeta que no Maximo teria uns 16 anos no quarto dela e ela praticamente nua desfilando na sua frente como se fosse a coisa mais natural do mundo. - Moço! Ela me chamou você pode esperar eu sair do banho? Preciso lhe perguntar uma coisa. –pode deixar que espero sim. Pra falar a verdade eu já tinha como terminado o espetáculo, pois é claro que a hora que ela saísse do banho já iria vir vestida, mas pra minha surpresa, ela veio enrolada na toalha e com uma toalha bem pequena, sentou-se a beira da cama secando o cabelo e perguntou. – Foi você que colocou TV a cabo na casa lá da esquina ontem? – Foi sim, coloquei ontem a tarde respondi! – Você conhece a menina que mora lá? Eita! Deu zebra pensei! – por quê? Perguntei meio temeroso, caramba! Eu pedi pra ela não comentar com ninguém e ela já falou com a amiga. – Ela me disse que você passou a tarde toda na casa dela! – É, mas teve um problema ao passar o cabo e por isto demorou muito, respondi sem muita convicção. – Ela sorriu e sem nenhuma cerimônia me disse. – Eu sei que você ficou com ela, ela me contou tudo! – você sabia que ela é menor de idade? – ela tem a mesma idade que eu sabia? – quantos anos você tem? Perguntei. – dezesseis. Me respondeu. Que coisa estranha. ela sentada na minha frente só de toalha, peladinha.- mas o que ela falou pra você? Nós não fizemos nada. Ta certo rolou uns beijinhos só isto! – Ronaldo ela me contou tudo. Você sabe? Tudo! Ta certo e o que você quer com isto?- vou te explicar! Ela me disse que vocês transaram, e fizeram de tudo, e você esta aqui em casa porque eu planejei, eu fiquei com tanta vontade que armei tudo, puxa você me acha assim tão feia? E falando assim foi tirando a toalha e ficando nuazinha! Gente, eu não estava acreditando em que estava me acontecendo, primeiro foi a Natalia que encontrei no shoping, eu e a prima dela ficamos algumas vezes, mas sabia que a Natalia não tirava os olhos de mim, ela era bem mais nova, mas muito tarada. Ela ligou pra firma que eu trabalho e pediu que se ligasse a TV a cabo na casa dela, fui mandado pra lá e quando cheguei foi à mesma coisa, ela estava me esperando peladinha de banho tomado, no principio fiquei com medo, pois ela sendo menor eu podia inclusive ate perder o meu emprego, mas quando ela enfiou a mão na minha calça e tirou o meu pau pra fora e começou a chupar eu me esqueci de tudo, já arranquei toda a roupa e fizemos um sessenta e nove na hora, puxa, passei a tarde toda com ela, e agora eu estava na mesma situação com outra menina. – caramba Duda, você é linda. Ela deu um sorriso que mais parecia um sol. Chegou bem perto de mim e meu deu um beijo maravilhoso, e começou a descer pelo meu corpo me beijando pelo corpo, nisto eu já tinha tirado a roupa toda, olha não consigo descrever com que vontade ela abocanhou meu pau, sugava como se fosse um doce muito gostoso, olha eu sou bem controlado, mas tive que pedir pra ela ir um pouco devagar, se não eu iria gozar em sua boca, sentei na cama e ela imediatamente veio para o meu colo, nossa ela já se acomodou e quando vi meu pau já estava todo dentro dela, duas mexidas e senti o corpo dela todo tremer, fiquei impressionado com a facilidade de ela chegar ao orgasmo, ficamos ali um dentro do outro e eu me controlando para não gozar, pois como sou muito esperto, nem deu tempo de colocar a camisinha, e mesmo que tivesse tempo eu nem teria posto, pois nem imaginava que iria sair com uma delicia daquela, agora é tarde, tenho que gozar fora daquela grutinha quente e deliciosa, foi ai que ela veio com a solução. – Ronaldo eu queria te pedir uma coisa, mas to sem graça. – Pode pedir Duda!- Sabe, eu sou virgem aqui atras, e apontou pra bundinha dela, Cara pode parecer mentira, mas nunca pensei que ela iria me pedir isto. – Eu sei que você transou a bundinha da Natalia, foi por isto que eu fiquei louca pra te conhecer, faz tempo que eu estou querendo, e só conheço babacas por ai. A Natalia disse como você foi gentil e carinhoso, e ela disse que nem era mais virgem e adorou dar o cú pra você! – Me come? – To sonhando, só pode ser um sonho! Mas logo veio a realidade, lembrei da empregada, Duda, sua empregada deve estar chegando do super mercado. – È mesmo! Logo ela chega! – Você pode sair agora? Perguntei. – posso me respondeu! Quer ir a um Motel? Ela me perguntou! – Não, vamos à minha casa! Que você acha?- Adorei a idéia! –vamos marcar pra seis horas da tarde em frente ao meu prédio. Ok? – Ta combinado! Só tenho aula ate as cinco mesmo depois eu vou pra lá. – Me da teu endereço! Passei o endereço e nos vestimos e logo já tava na rua, tendo que correr pra terminar a minhas visitas agendadas, já perto das seis, eu já tava nervoso, fui pra casa tomei um banho bem longo, puxa eu tava já estava tarado, o meu pau não queria baixar mais. Logo tocou o interfone, olhei no relógio, deis horas em ponto! Puxa que pontualidade! Não tinha me enganado era ela mesma, subiu e já na porta foi me dando um super beijo, nem sei por que coloquei a roupa, ela já foi puxando a minha camiseta, tirando a minha calça e eu também já estava tirando a roupa dela, a deitei na cama e disse. –agora é comigo, nada pode nos incomodar, comecei chupando os seios, gente, era uma obra prima, duros pontudos, quanto mais chupava mais ela queria, fui descendo e comecei a lamber aquela bucetinha, quase sem pelos, e não era raspadinha não! Minha vontade era enfiar a língua dentro do útero, ela se contorcia toda, o gosto desta bucetinha era deliciosa, levantei as pernas dela que já estava toda aberta e comecei a lamber seu cuzinho, lambi muito, e ela já estava implorando para eu penetrá-la, mas quando fui me ajeitando para isto, ela pediu que fosse da maneira que ela sempre imaginava, ou seja, de quatro, e se virou e colocou aquela bundinha para traz, gente, a visão era linda, ela de quatro e eu dei mais umas lambidas, tirei um creme lubrificante e comecei a passar no seu cuzinho, bem devagar já preparando para penetrá-lo, coloquei primeiro um dedo depois coloquei mais dois dedos gemendo ela me disse! – Me arromba logo Ronaldo não agüento mais de vontade. -Ta certo, vou fazer como você quer. E já comecei a enfiar a cabeça do meu pau naquele buraquinho super apertado, e olha que ela esta ajudando muito, tentando relaxar o Maximo, mas quando ele já estava quase todo dentro dela ela gemia e percebi que agora era um pouco por dor, mas comecei a massagear seu clitóris, e ela rebolava como uma louca, confesso que desta vez eu perdi totalmente o controle, por sorte ela estava tão excitada que quando sentiu o jato dentro do seu cuzinho ela gozou junto comigo, nossa como ela gozou, ficamos os dois quase que desmaiados, meu pau dentro do cuzinho dela saindo sozinho, e nós totalmente relaxados. -Ronaldo, nunca gozei desta forma, que coisa super nova pra mim, a Natalia não mentiu, foi delicioso, você gostou? – Puxa Duda, adorei! Mas temos que ir embora, vou te levar pra sua casa já São quase 10 horas, sua mãe deve esta preocupada. – que nada! Eu disse a ela que passaria na casa da Natalia para estudarmos um pouco. – amanha quero te ver de novo! Pode ser? -Claro que sim! Olha, saímos muitas vezes, mas percebi que se continuássemos, cairíamos na armadilha do gostar. Eu me mudei para o sul do País, e nunca mais soube dela, tenho certeza que se ela ler este conto ela vai identificar, pois nem mudei os nomes. Hoje ela deve estar casada com filhos, mas nunca esqueci das tardes que passamos em minha casa.
 
< Anterior   Próximo >

Aumento peniano - www.superpenis.org
Faça seu cadastro, é gratis!!
21:19 - DP na Morena Exuberante (Deliciosa)
21:19 - DP na Morena Exuberante (Deliciosa)

25:32 - Ela gosta de dar a Bundinha (Teen)
25:32 - Ela gosta de dar a Bundinha (Teen)

23:02 - Kid Bengala em: Empurrando até as bolas no cuzinho
23:02 - Kid Bengala em: Empurrando até as bolas no cuzinho

27:21 - Joana a Gostosinha em: Meu Primeiro Anal
27:21 - Joana a Gostosinha em: Meu Primeiro Anal

27:27 - Venezuelana Sentando no Caralho Grosso (Gozou Dentro)
27:27 - Venezuelana Sentando no Caralho Grosso (Gozou Dentro)

19:36 - As Patricinhas 3 - Trepando na Varanda (Nacional)
19:36 - As Patricinhas 3 - Trepando na Varanda (Nacional)

24:41 - Negrão super dotado socando até as bolas na Coroa Safada
24:41 - Negrão super dotado socando até as bolas na Coroa Safada

25:02 - Penetrando a Rola Grossa na Bucetinha Apertada (Anal)
25:02 - Penetrando a Rola Grossa na Bucetinha Apertada (Anal)

Vídeos

Vídeos Sexo Anal Especial Vídeos Amadores Lésbicas Safadas Vídeos Hétero Vídeos de Orgia / Suruba Vídeos Hentai Vídeos Oral / Boquete Vídeos Hilários Vídeos Anal / Caseiros Masturbação Feminina Vídeos Gays Vídeos Para Baixar

Gratis Para Baixar Cabritinhas - Sexo explicito O Rei do Pornô - King Porn Sexo Ninfetas Vídeo Pornograficos A Teoria do Sexo que você nunca viu
Portal da Buceta - Todos os direitos reservados - 2006 » Vídeos Pornograficos Gratis | Meninas Peludas | Peludas e Gostosas | Sexo Free | Super Dotados | Ninfetas | Mocinhas Virgens

Vídeos Anal  -  Vídeos com Ninfetas  -  Vídeos Gays  -  O Rei da Buceta - Cabritinhas (Sexo Explicito) - Ninfetas Virgens